Concluído em 1922, ano da morte de Lima Barreto, o romance Clara dos Anjos é uma denúncia áspera do preconceito racial e social, vivenciado por uma jovem mulher do subúrbio carioca.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Você gostou da leitura de Clara dos Anjos?

100% 100% 
[ 2 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 2

Concluído em 1922, ano da morte de Lima Barreto, o romance Clara dos Anjos é uma denúncia áspera do preconceito racial e social, vivenciado por uma jovem mulher do subúrbio carioca.

Mensagem  Admin em Qua Abr 02, 2008 8:59 pm

1. Como Lima Barreto descreve a personagem Clara?
2. A“natureza elementar” de Clara se traduzia na ausência de ambição em melhorar seu modo de vida ou condição social por meio do trabalho ou do estudo. Faça uma crítica sobre essa afirmação. Comprove com uma passagem do texto.
3.Por intermédio de Lafões, o carteiro Joaquim passa a receber em casa o pretendente de Clara, Cassi Jones de Azevedo, que pertencia a uma posição social melhor. Como Lima Barreto descreve esse personagem?
4. Como Lima Barreto evidencia o preconceito no enredo da obra? Justifique com trechos do livro.
5.O romance passa-se no subúrbio carioca e Lima Barreto descreve o ambiente suburbano com riqueza de detalhes, como os vários tipos de “casas, casinhas, casebres, barracões, choças” e a vida das pessoas que ali vivem. Descreva esses espaços. Justique com passagens do texto.

Admin
Admin

Mensagens : 8
Data de inscrição : 24/03/2008

Ver perfil do usuário http://monsmeloliteratura.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

3-Por intermédio de Lafões, o carteiro Joaquim passa a receber em casa pretendente de Clara, Cassi Jones de Azevedo, que pertencia a uma posição social melhor. como Lima Barreto descreve esse personagem.

Mensagem  kelciane-3a em Qui Abr 17, 2008 4:45 pm

O descreve como um rapaz de mais ou menos trinta anos, de rosto e corpo insignificante. Não tinha fazanhas desprezível, nem um traço de vagabundo profissional. Vestia-se seriamente, segunndo a moda, mas inadequado para o ambiente em que vivia. mas usava certamente um cabelo dividido muito exatamente ao meio - a famosa pastinha. não tinha topete nem pigode.Usava sapatos da moda mas com detalhes dos calçados dos subúrbios, que encanta e seduz as mulheres.
Kelciane pimenta -3a

kelciane-3a

Mensagens : 1
Data de inscrição : 10/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Concluído em 1922, ano da morte de Lima Barreto, o romance Clara dos Anjos é uma denúncia áspera do preconceito racial e social, vivenciado por uma jovem mulher do subúrbio carioca.

Mensagem  André 3 B em Ter Abr 22, 2008 3:19 pm

3)Cassi Jones de Azevedo era filho legítimo de Manuel e Salustiana, rapaz com pouco mais de 30 anos, branco, sardento, insignificante, de rosto e de corpo, vestia-se seriamente, segundo as modas da rua, trazia o cabelo ensopado de óleo e repartido no alto da cabeça, dividido ao meio, usava topete, nem bigode, o calçado era conforme a moda. Com seu violão encantava e seduzia as damas do subúrbio.
Página 11



4)Através da história de uma jovem e pobre mulata do subúrbio carioca, faz uma denúncia do preconceito racial e social, onde Cassi Jones. engravida a jovem Clara dos Anjos, abandona a moça por sua cor e por apenas querer brincar com ela; Clara ficando envergonhada por sua posição diante a sociedade e seus pais tenta abortar o filho mas não consegue, e com a ajuda de sua mãe tenta dar a volta por cima e perceber que vale mais o ser do que o ter.
Página 53 à 60


Última edição por André 3 B em Ter Abr 22, 2008 4:06 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Correção)

André 3 B

Mensagens : 9
Data de inscrição : 08/04/2008
Idade : 26
Localização : Praça Nossa Senhora do Bom Parto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Clara dos Anjos

Mensagem  André 3 B em Ter Abr 22, 2008 3:21 pm

1)Clara, segunda filha do casal Joaquim e Loudes, estava em seus dezessete anos, sendo tratada pelos pais com muito desvelo, recanto e carinho, menina quieta que a não ser com seus pais, só saia com uma viúva que morava nas vizinhaças e, ensinava a Clara bordados e costuras.
Livro: Clássicos Rideel
Pág : 08




2)Sinceramente a natureza de Clara era simples, não tinha ambição nem mesmo inveja de outras pessoas. Era uma jovem com objetivos e sonhos, que gostava de trabalhar e conheçer sempre coisas novas.Jovem que não tinha discriminações nem distinções de raças.
Pág: 10


Última edição por André 3 B em Ter Abr 22, 2008 4:04 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Correção)

André 3 B

Mensagens : 9
Data de inscrição : 08/04/2008
Idade : 26
Localização : Praça Nossa Senhora do Bom Parto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Concluído em 1922, ano da morte de Lima Barreto, o romance Clara dos Anjos é uma denúncia áspera do preconceito racial e social, vivenciado por uma jovem mulher do subúrbio carioca.

Mensagem  André 3 B em Ter Abr 22, 2008 4:02 pm

5)O surbúrbio é uma longa faixa de terra, que se alonga desde a Rocha até o Sapopemba, tendo para eixo a linha férrea da Central, aos lados são encontrado colinas e montanhas. Há casas, casinhas, casebres, barracos, choças por toda parte, onde pode finca quatro estacas de pau e uni-lás paredes duvidosas.
A população pobríssima, vive sob a ameaça constante de varíola. As pessoas pobre é difícil de se suportar mutuamente, acontecendo brigas, principalmente entre as mulheres gerando das constantes dificuldades que sofrem. A população concentra-se em um intricado labirito de ruas e bibocas, cuja existência do governo fecha os olhos. O surbúbio é o refúgio dos infelízes, os que perderam o emprego, as fortunas, os que faliram
nos negócios, enfim, todos os que perderam a sua situação normal vão para lá. E todos os dias, bem cedo eles descem á procura de amigos fiéis que os amparem, que lhes dêem algumam coisa, para o sustento seu e de seus fihos.
Pág: 30 á 31
Emiliana Firmo

André 3 B

Mensagens : 9
Data de inscrição : 08/04/2008
Idade : 26
Localização : Praça Nossa Senhora do Bom Parto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

1-Como Lima Barreto descreve Clara dos Anjos?

Mensagem  SAMARA 3° D em Qua Abr 23, 2008 4:35 pm

Ele a descreve como uma moça engenoa, que aos seus 17 anos era tratada por sua mãe Loundes como uma criança, ela não a deichava ao menos sai de casa sem a compania de sua vizinha Margarida que era uma viúva que a ensinava a bordar costurar e outros tarafas que não era de acordo a sua idade.

SAMARA 3° D

Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/04/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

1-como lima barreto descreve o personagem clara

Mensagem  marcia,m em Qua Abr 30, 2008 4:44 pm

o autor descreve a personagem clara com as proprias caracteristicas de seu pais .em mais de uma vez ele afirma que ela puxava a ambos os pais. o pai sendo alto e de rija musculatura e sua mae o contrario, clara ficava bem entre os dois. no seu modo de ser o autor a descreve com os cuidados que seus pois tinham ,uma simples moça que nao saia de casa sozinha nem andava a longas distancias.era delicada e bastante igenua e detinha muitos recatos e mimos de seus pais.

marcia,m
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

a natureza elementar de clara se traduzia na ausencia de ambiçao em melhorar seu modo de vida ou condiçao social por meio do trabalho ou do estudo.faça uma critica sobre essa afirmaçao . comprove com uma passagem do texto

Mensagem  marcia , em Qua Abr 30, 2008 5:13 pm

a pobre clara nunca possuia motivaçoes de seus pais ou de qualquer outa pessoa para buscar melhoria de vida ,mas na verdade era privada de muitas coisas de seu tempo ,o que a tornou sem grandes sonhos ou ambiçoes. clara era uma natureza amorfa, pastosa ,que precizava maos fortes que a modelassem e fixassem. seus pais nao seriam capazes disso. o mundo se lhes representava como povoado de suas duvidas,de queixumes de viola ,a suspirar amor.na sua cabeça nao entrava que a nossa vida tem muito de serio, de responsabilidade,qualquer que seja a nossa condiçao e o nosso sexo.
marcia,maria do carmo, gloria,luiz andrier 3a

marcia ,
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

como lima barreto evidencia o preconceito no enredo da obra?

Mensagem  marcia , em Qua Abr 30, 2008 5:26 pm

dona salustiana ficou liviada ;a intervençao da mulatinha a exasperou. olhou-a cheia de malvadez e indignaçao, demorando o olhar propositadamente. por fim,expectorou: que e que voce diz ,sua negra? casado com gente dessa laia ...qual!...que diria meu avô,lord, jones.
marcia ,maria do carmo ,gloria, luiz andrier3a

marcia ,
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

descreva esse espacos. justifique com passagens do texto

Mensagem  marcia , em Qua Abr 30, 2008 5:43 pm

lima barreto descreve como sao as casas e a vida das pessoas ,fazendo com que a propria imagem das ruas e casas se em nossas mentes ao ler o livro. ha verdadeiramente aldeamentos dessas barracas ,nas coroas dos morros, que as arvores e os bambuais escondem aos olhos dos transeuntes. afastando-nos do eixo da zona suburbana, logo o aspecto das ruas muda. nao há mais gradis de ferro, nem casas com tendencia aristocraticas :ha o barraçâo, a chaça e uma ou outra casa que tal. márcia ,maria do carmo, luiz andrier ,gloria 3a

marcia ,
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

3- Por intermédio de Lafões o carteiro Joaquim passa a receber em casa o pretendente de Clara, Cassi Jones de Azevedo, que pertencia a uma posição social melhor, como Lima Barreto descreve esse personagem?

Mensagem  SAMARA 3 em Ter Maio 06, 2008 3:28 pm

Cassi um rapaz de pouco menos de trinta anos,branco, sardento, insignificante, de rosto e de corpo sendo que ele vestia-se conforme as modas da Rua do Ouvidor, suas roupas chamava a ateção de todos, ele não usava topete, nem bigode. Cantador de modinhas, que pertence a uma familia de boa posição social. Atráves de suas modinhas seduzia as moças e até mesmo as senhoras casadas, pelo simplis desejo de possui-las ao menos uma vez. Não tinha moça que não caisse na lábia desse tremendo sedutor, quando conseguia seu objetivo abandonava-as como uma simples roupa velha, nem Clara escapou de seus encantos.

SAMARA 3
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

4-Como Lima Barreto evidencia o preconceito no enredo da obra? justifique com trechos do livro

Mensagem  SAMARA 3 em Ter Maio 06, 2008 4:08 pm

Os trechos que comprovam são: ...a mãe de Cassi recebia a confissão de que Clara estava gravida de seu filho, ela ficou lívida; a intervenção da mulatinha a exasperou. Olhou-a cheia de malvadez e indignação, demorando o olhar propositadamente. Por fim, expectorou: _Que é que você diz, sua negra?

SAMARA 3
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

5-O romance passa-se no subúrbio carioca e Lima Barreto descreve o ambiente suburbano com riqueza de detalhes, como os varios tipos de"casas" casinhas, casebres, barrações, choças e avida das pessoas que ali vivem. Descreva esses espaços.

Mensagem  SAMARA 3 em Ter Maio 06, 2008 4:40 pm

Há casas, casinhas, casebres, barrações, choças, por toda a parte onde se possa fincar quatro estacas de pau e uni-las por paredes duvidosas.Todo o material para essas construções serve: são latas de fósforos distendidas, telhas velhas, folhas de zinco, e, para as nervuras das paredes de taipa, o bambu, que não é barato. Há verdadeiros aldeamentos dessas barracas, nas coroas dos morros, que as árvores e os bambuais escondem aos olhos dos transeuntes. Nelas, há quase sempre uma bica para todos os habitantes e nenhuma espécie de esgoto. Toda essa população, pobríssima, vive sob a ameaça constante da varíola e, quando ela dá para aquelas bandas, é um verdadeiro flagelo.

SAMARA 3
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

2- Anatureza elementar de Clara se traduzia na ausência de ambição em melhorar seu modo de vida ou condição social por meio do trabalho ou do estudo. Faça uma critica sobre essa afirmação. Comprove com uma passagem do texto.

Mensagem  SAMARA 3 em Ter Maio 06, 2008 5:03 pm

Clara não tinha ambição sobre esses tipos de coisas, apenas sonhava em um dia conhecer um belo rapaz e casar-se com ele e formar sua familia, esse rapaz era Cassi, por quem ela alimentava um grade amor. Passagem que comprove: ...O seu ideal era ser uma boa dona de casa, econômica que seria, para o pouco que ele poderia vir a ganhar...

SAMARA 3
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

2- Anatureza elementar de Clara se traduzia na ausência de ambição em melhorar seu modo de vida ou condição social por meio do trabalho ou do estudo. Faça uma critica sobre essa afirmação. Comprove com uma passagem do texto.

Mensagem  SAMARA 3 em Ter Maio 06, 2008 5:05 pm

Clara não tinha ambição sobre esses tipos de coisas, apenas sonhava em um dia conhecer um belo rapaz e casar-se com ele e formar sua familia, esse rapaz era Cassi, por quem ela alimentava um grade amor. Passagem que comprove: ...O seu ideal era ser uma boa dona de casa, econômica que seria, para o pouco que ele poderia vir a ganhar...

SAMARA 3
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Concluído em 1922, ano da morte de Lima Barreto, o romance Clara dos Anjos é uma denúncia áspera do preconceito racial e social, vivenciado por uma jovem mulher do subúrbio carioca.

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum